Gorillaz
Foto: Divulgação / Gorillaz

Novo registro traz diversas parcerias com artistas de diversos gêneros musicais

Gorillaz, a banda virtual mais cool do momento liderada por Damon Albarn lançou nesta sexta-feira (23) seu novo projeto: Song Machine, Season One: Strange Timez. Para quem não sabe, Gorillaz surgiu em 1998 com a saída de Damon Albarn do Blur que buscava experimentar novos estilos e gêneros musicais, como o hip-hop, o pop e o eletrônico, junto com o rock. Jamie Hewllet também faz parte do projeto, o designer e quadrinista inglês é o criador dos personagens de HQ.


De forma inesperada, o projeto paralelo de Damon ganhou vida própria e após 20 anos de estrada, mergulha em um novo registro com variações e experiências sonoras alternativas com grande versatilidade. Robert Smith, do The Cure, aparece na faixa de abertura de Song Machine, Season One: Strange Timez, que consiste de vídeos e músicas lançados em episódios mensais, como uma série. O conceito e o experimentalismo do disco faz o punk rock se sentar ao lado de baladas de piano brilhantes, enquanto o hip-hop se une ao ambiente de melancolia. 


O resultado do projeto está em 17 faixas com uma imensa versaltilidade, que corresponde à diversos tipos de gêneros, em diferentes estilos de sons, com participações de Beck, Elton John, Fatoumata Diawara, Georgia, Kano, Leee John, Octavian, Peter Hook (ex-New Order), Robert Smith (The Cure), Roxani Arias, ScHoolboy Q, Slaves, Slowthai, St Vincent e 6LACK, assim como CHAI, EARTHGANG, Goldlink, Joan As Police Woman, JPEGMAFIA, Moonchild Sanelly, Unknown Mortal Orchestra, Skepta e, claro, Tony Allen.


Reunindo diversos e variados artistas em Song Machine, Gorillaz entende bem a estética pós moderna e como diferentes estilos podem coexistir em uma mesma canção. Song Machine, Season One: Strange Timez está já disponível nas plataformas digitais e formatos físicos de CD, vinil, cassete e em edições Deluxe de 17 faixas e Super Deluxe. 






Song Machine, Season One: Strange Timez

Comentários



Publicidade