Conheça um pouco do legado revolucionário, de um dos maiores nomes da música


Jimi Hendrix
Foto: Divulgação


Lá se vão meio século sem Jimi Hendrix. Ainda que seja bastante tempo desde sua partida, ele ainda continua presente e "vivo". Antes da sua partida prematura, o jovem James Marshall Hendrix dedicou seus 27 anos no planeta azul à música, principalmente à sua principal companheira, a guitarra. Canhoto, tocava de "forma invertida" e eternizou a consagrada Fender Stratocaster. 

Jimi Hendrix que é considerado em todas as listas como o maior guitarrista de todos os tempos era mais do que isso, seu estilo único revolucionou e influênciou grandes nomes da música até os dias de hoje. Segundo James, seu pai, Jimi começou a se interessar por música quando tinha 10 anos, ganhando sua primeira guitarra aos 12 e tinha tanta facilidade com o instrumento que aos 13 anos já tocava em bandas.

Como músico de apoio, Hendrix acabou tocando com mais de 40 grupos de R&B, acompanhando grandes nomes como Little Richard, Jackie Wilson, Wilson Pickett e outros. Porém, foi convencido por Chas Chandler, baixista do Animals na época, a ir para Inglaterra em 1966. Chegando em Londres formou a The Jimi Hendrix Experience e emplacou Purple Haze e Hey Joe no topo das paradas músicais do Reino Unido.

Suas apresentações e performances são memoráveis, como por exemplo em 1969 no últimno dia do Festival de Woodstock onde recriou o Hino dos Estados Unidos na guitarra, seguido de Purple Haze,o transformando em um ato contra a violência e de luta pela paz. Naquele momento o hino e o blues se fundiram em um protesto contra a Guerra do Vietnã. Momento que você pode conferir se quiser, logo abaixo:



Além disso, vale lembrar outros momentos onde Hendrix demonstrou tão absurda que eram suas habilidades com o instrumento, o tocando de varias formas, com a mão nas costas e acredite, até com os dentes. Porém, talvez um dos momentos mais importantes para a carreira de Hendrix, ocorreu em 4 de juinho de 1967, poucos dias após o lançamento do álbum Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band aclamado dos Beatles.

Ele ficou tão fascinado pelo disco que tirou em poucas horas todas as músicas e decidiu abrir um show que seria realizado em Londres com a primeira faixa do álbum, sem avisar os parceiros de banda que ficaram surpresos com tal decisão e disseram que seria impossível, por conta da complexidade musical. Mas, a ansiedade ficou ainda maior quando foi revelado que Paul McCartney e George Harrison estavam na plateia, acompanhados de Eric Clapton, um grande ídolo de Jimi. A apresentação foi impactante e você pode conferir abaixo:


Meu primeiro contato com Jimi Hendrix foi ainda na infância, durante um passeio em uma exposição sobre o músico em São Paulo. Fiquei impressionado com seu estilo rebelde e com seu figurino. A partir desse ponto, comecei a me aproximar de sua história e a primeira vez que eu ouvi um solo de Hendrix foi impressionante. Foi uma das melhores exposições que fui em minha vida e que com certeza contribuíram para o meu interesse com a música. 

O blues, R&B e a psicodelia nunca mais foram mesmos após a voz e guitarra de Jimi Hendrix. A transformação de Hendrix transborda e foi além da música, impactando até na moda e na cultura pop.

Comentários



Publicidade