Ficha técnica do disco



Ano: 2017
Genêro: Indie brasileiro
Selo: Tratore
Faixas: 13
Duração: 43 minutos

Em seu primeiro trabalho solo, Tim Bernardes mostra o quão intimista pode ser a música brasileira. Percebe-se isso logo no nome do disco “ Recomeçar”, uma palavra que representa um sentimento de perda e ao mesmo tempo de esperança.

O disco se inicia com o instrumental da música Recomeçar, com uma melodia suave e melancólica, já demonstrando o caráter pessoal presente na obra.

Logo em seguida vem a música Talvez,  que já nos primeiros versos demonstra o sentimento de busca e de perda “Talvez não esteja aqui, procurei mas desisti/ Eu vou para outro lugar”

“Eu quis mudar, e isso implicava deixar para trás/Meu chão, meu conforto, o certo, a paz/ Eu fui a procura de mais”. Esses são os versos iniciais da música Quis Mudar, que tem uma pegada mais folk que se difere das outras músicas, mas claro, sem mudar a ideia do álbum.


A próxima música é Tanto Faz, uma canção que trata sobre o quadro político-social brasileiro. Essa musica representa uma visão indiferente (como o próprio nome diz) e ao mesmo tempo crítica, com o que ocorre no Brasil.

Ela Não Vai Mais Voltar, uma música que diz tão pouco, mas com uma profundidade imensa, que representa bem o sentimento de “bad”.

Pouco a Pouco trata do sentimento pós término de querer se conhecer melhor e de independência emocional. “Quem eu quero agradar, não existe nem irá/Não existe pois sou eu/Não sei nada do que é meu”.

Em seguida vem uma facada no coração, Não. Uma música que fala de uma maneira tão intimista sobre término, que faz com que você se ponha no lugar do compositor e sinta sua dor “ Eu também vou sentir saudades, eu também vou chorar sozinho”.


Era o Fim representa bem o sentimento de desilusão que um término pode causar.

A próxima música tem um tom de carinho e amparo. Ela é uma canção que mostra que, por mais que tudo esteja terminado, o compositor ainda se preocupa com o bem estar da pessoa, pois sabe como ela realmente é “Chora escondida no banheiro/ Pras amigas finge que está bem/ Mas eu vejo”.

Incalculável faz uma conexão entre o cérebro e o coração, a disputa de seguir os seus sentimentos ou calcular cada passo a se tomar. Mas como a própria música diz “Pensando e calculando um sentimento incalculável”.

“Calma calma meu amor, estou aqui/ sempre estive, não vai mudar” Assim se inicia a música saudosista Calma. O sentimento de saudade tem uma presença forte nesta canção, junto com o sentimento de querer voltar atrás.

As Histórias do Cinema relaciona o fim de um romance com o fim de um filme. O sentimento de desilusão de ter que voltar para a realidade dura e fria é o tema principal.

E assim como se inicia, o álbum se encerra. A música Recomeçar é a última faixa do álbum com o mesmo nome. “a dor do fim vem pra purificar, recomeçar”



Publicidade